Ir para do conteudo

Eventos

XIII Simpósio de Psicanálise: A Psicanálise e os Paradoxos da Política da Diferença

Inscrição

As incrições estão encerradas. Para ser avisado sobre novas edições deste curso, cadastre-se aqui

Inscrições de 01/09/2018 a 01/11/2018. - VAGAS ESGOTADAS

Objetivo

Vinte anos de luta pela explicitação da inserção da Psicanálise na UERJ não foram em vão: ora os festejamos tanto com o sucesso do Programa de Pós-Graduação em Psicanálise – hoje com Mestrado e Doutorado –, quanto com a criação, neste ano de 2018, do Departamento de Psicanálise do Instituto de Psicologia da UERJ, no qual, a partir de agora, o Programa está inserido. Afirmamos nossa diferença quando da criação do Programa em cuja base esteve o Departamento de Psicanálise criado por Jacques Lacan em Vincennes, para o que ele próprio contou com o apoio político de eminências da intelectualidade francesa como Claude Lévi-Strauss e Michel Foucault. Durante os últimos vinte anos, a cada nova turma, criamos e recriamos o Programa, replicando o desejo que Freud expressou quando, em Budapeste, dizia que o ensino da psicanálise na Universidade é altamente alvissareiro, e o desejo de Lacan que, em outubro de 1978, vinte anos antes da criação do nosso Programa e hoje há quarenta, como Diretor Científico do Departamento de Psicanálise de Vincennes proclamava: “Há quatro discursos. Cada um se arvora como verdade. Somente o discurso analítico faz exceção. Do que se concluiria que seria melhor que ele dominasse mas, justamente, esse discurso exclui a dominação, dito de outro modo, ele não ensina nada. Ele nada tem de universal, por isso não é material de ensino. Como ensinar o que não se ensina? É nisso que Freud caminhou [...]”. A antipatia dos discursos, o universitário e o analítico, poderá ser superada? Lacan responde que não, que há uma antipatia estrutural entre esses dois discursos, mas que é isso justamente o que o trabalho da Psicanálise na Universidade explora, de modo que “Ao se confrontar com seu impossível, o ensino se renova, se constata”. Eis já um paradoxo que a psicanálise comporta. No momento histórico que vivemos, no Brasil, mas também no mundo, os paradoxos se multiplicam e confrontam o psicanalista com a política, ou seja, confrontam a regra fundamental da psicanálise da abstinência do psicanalista com a necessária posição ética que exige do psicanalista se posicionar num “isso não” ou “isso nunca mais”. Que outras posições a ele se demandam? Articulando política, teoria psicanalítica e clínica, as pesquisas que realizamos nos últimos vinte anos nos permitem lançar este Simpósio comemorativo, convocando colegas da comunidade acadêmica, da psicanálise e suas conexões, e trabalhadores na saúde, na educação e na justiça para nos fazerem chegar, até o dia 10 de outubro, propostas de trabalho sobre os seguintes temas:

¨ O desejo do analista é o desejo de obter a diferença pura

¨ A política da falta-a-ser, hoje

¨ Desejo do analista na pólis e na clínica

¨ Política da psicanálise e a afirmação da diferença

¨ A sexualidade é diversa

¨ O sexo entre desejo e gozo

¨ Psicologia das massas, ainda

¨ O singular e o coletivo

¨ Identidades e redes

¨ Ser e sujeito na sexuação

 

 

Público-Alvo e Pré-Requisito

Psicanalistas; Docentes; Profissionais; Estudantes de Pós-graduação e Graduação.

Documentação

Carteira de estudante; Comprovante de vínculo profissional.

Programa

O Simpósio será constituído de Plenárias e Mesas Simultâneas.

PLENÁRIAS

  • As Plenárias terão como temas os eixos temáticos do Simpósio.
  • Cada Plenária terá 3 trabalhos (excepcionalmente 4) e duração de 1h30  (ou 2h).
  • Cada expositor terá 20 minutos, no máximo, para sua apresentação; 30 minutos serão dedicados à discussão.
  • A composição das plenárias se dará a convite da Coordenação do Simpósio.

 

MESAS SIMULTÂNEAS

  • As Mesas Simultâneas serão compostas, cada uma, por três trabalhos, com duração total de 1:30 hora e terão um coordenador.
  • Haverá duas modalidades de submissão de propostas para Mesas Simultâneas:
    • Trabalho individual: cada autor enviará um resumo para a Comissão Científica, que remeterá as propostas aprovadas à Comissão de Organização, que por sua vez se encarregará de montar as Mesas Simultâneas com os trabalhos aprovados. O autor deve indicar o eixo temático no qual se inclui seu trabalho.
    • Mesa temática: um coordenador deverá propor à Comissão Científica uma mesa já montada, com um resumo de cada um dos três trabalhos que a compõem e indicação do eixo temático no qual se inclui.
      • O coordenador poderá ser um dos autores/apresentadores ou não, mas a mesa só comportará 3 trabalhos, o que implica que, caso o proponente apresente trabalho, deverá montar a mesa com mais dois trabalhos.
  • Cada trabalho deverá ser apresentado em, no máximo, 15 minutos, e deverá ser redigido conforme os seguintes critérios: Fonte: Times New Roman; Tamanho: 12; Espaçamento: 1,5; Margens: Superior e inferior: 2,5 cm; Esquerda e direita: 3 cm; Máximo de 5 (cinco) páginas e 9 mil caracteres (exceto referências bibliográficas); Referências bibliográficas no Padrão ABNT.
  • Os resumos para submissão de propostas não deverão ultrapassar o tamanho de 1 (uma) página, e deverão ser elaborados nos mesmos critérios definidos para a redação dos trabalhos completos.
  • Só serão aceitas propostas de trabalhos de autores inscritos no evento.
  • As propostas de trabalho deverão ser enviadas até o dia 10 de outubro de 2018, para o correio eletrônico: xiiisimposiopsicanaliseuerj@gmail.com

Coordenação

Professora Sonia Alberti e Professor Marco Antonio Coutinho Jorge

Instrutores

CONVIDADOS INTERNACIONAIS:

  • Professor Sidi ASKOFARÉ, Universidade de Toulouse, França;
  • Professor Alessandro BILBAO, Universidade Andrés Bello, Chile;
  • Professor Julio HOYOS, Universidade de Antioquia, Colômbia.

Criterio de avaliação

Critérios para avaliação das propostas:

  1. Pertinência em relação ao tema do Simpósio;
  2. Linguagem objetiva, clara e correta;
  3. Identificação, descrição e argumentação nítida sobre a questão a ser desenvolvida no trabalho;
  4. Currículo e produção acadêmica do autor.

Local

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Campus Maracanã.

Carga Horária

40h

Período de Realização

05/11 até 07/11/2018 (segunda, terça e quarta-feira)

Horário

8h às 20h

Valores

Inscrições de 01/09 a 30/09/2018

  • Docentes e Profissionais: R$ 180,00
  • Pós-graduação e Profissionais da Saúde: R$ 100,00
  • Graduação: R$ 50,00

 

Inscrições de 01/10 a 01/11/2018

  • Docentes e Profissionais: R$ 210,00
  • Pós-graduação e Profissionais da Saúde: R$ 130,00
  • Graduação: R$ 70,00

 

No dia do evento

  • Docentes e Profissionais: R$ 250,00
  • Pós-graduação e Profissionais da Saúde: R$ 160,00
  • Graduação: R$ 80,00