Ir para do conteudo

Cursos

O Romance Vitoriano em três momentos - EAD

Inscrição

Inscrições até 14 de Agosto. Inscreva-se aqui!

Inscrições abertas de 15/07/2020 a 14/08/2020.

Objetivo

OBJETIVOS GERAIS
- Fomentar a leitura da tradição literária, mediada pela crítica, história e teoria da literatura, abrindo esses campos para leitoras/es comuns.
- Contribuir para a formação continuada de profissionais de qualquer área, incentivando assim a circulação de reflexões e produções artísticas que informam e expandem o universo particular de cada indivíduo.
- Contribuir para a formação complementar das/os alunas/os de Humanidades da UERJ e de qualquer outra universidade.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Apresentar leitoras/es brasileiras/os a obras inglesas do século XIX que discutem a relação entre indivíduo e sociedade, progresso e opressão, os direitos dos homens e das mulheres, e outros temas que caracterizam o romance vitoriano e que são legados como herança para o romance ocidental de forma geral.
- Historicizar as produções de Charlotte Brontë, Charles Dickens e Oscar Wilde, indagando quais efeitos do projeto de ´´modernidade`` europeia ainda estão em cena hoje.

Público-Alvo e Pré-Requisito

  • Profissionais e estudantes de todas as áreas.
  • Estudantes de Humanidades.
  • Leitores de literatura inglesa em tradução.

Documentação

----

Programa

Na Inglaterra, o século XIX é marcado por grandes transições na política e nos costumes. Como diz Michel Foucault (História da Sexualidade, vol. 1), o enorme interesse que os vitorianos tinham na vida privada dos indivíduos - o que dá gênese a diversos modos político-culturais de vigiar os corpos e punir qualquer tipo de desvio da norma - é uma das marcas que fazem deles nossos contemporâneos em muitos sentidos.

Em 15 aulas, este curso mapeará as grandes questões socioeconômicas do período e seus efeitos no romance inglês, sempre indagando as maneiras pelas quais as opressões do passado ainda informam o presente.

Juntos, em discussões na plataforma Jitsi, decomporemos a Era Vitoriana em três momentos.

  1. Abrindo a discussão, pensaremos a questão de gênero e do Império Britânico por meio da leitura de Jane Eyre (1847), de Charlotte Brontë.
  2. Em seguida, analisaremos a crítica social aos efeitos dessa era de modernização que Charles Dickens articula em Tempos Difíceis (1854).
  3. Por fim, veremos como essas questões do alto vitorianismo ganham um tom de investigação filosófica ao final do século, na decadência vitoriana, ao nos debruçarmos sobre O Retrato de Dorian Gray (1890), de Oscar Wilde.

Coordenação

Prof. Dr. Davi Pinho (ILE/UERJ)

Instrutores

Marcela Santos Brigida - Doutoranda em Literaturas de Língua Inglesa no Programa de Pós-graduação em Letras da UERJ.

Criterio de avaliação

Participação em aula.

Local

EAD.

Carga Horária

60h/a.

Período de Realização

19/08/2020 a 02/12/2020.

Horário

Quartas-feiras, das 14h às 17h.

Valores

Taxa Única

Matrícula de R$155,00.