Ir para do conteudo

Cursos

Candomblé - Símbolos, Elementos Constitutivos, Divindades e Ritualística

Inscrição

As incrições estão encerradas. Para ser avisado sobre novas edições deste curso, cadastre-se aqui

Inscrições prorrogadas até 14/08/2017 (ou até esgotarem as vagas)

O curso teve início em 05/09. Só aceitaremos novos alunos até a 2ª aula.

Objetivo

Compreender a filosofia yorùbá acerca de seus elementos básicos, assimilandoquem são seus deuses e porque o são; depreender sua cultura oral e os efeitos desta no relacionamento com a natureza, com os Òrì?à e seus símbolos/À??. O curso objetiva também agir como um instrumento do saber para valorizar, entender e minimizar a intolerância religiosa acerca do Candomblé.

Público-Alvo e Pré-Requisito

Professores e pesquisadores de diversas áreas, como: antropologia, história, geografia, teologia; estudantes, adeptos das religiões de matrizes africanas e leigos.

Documentação

----

Programa

- A COSMOGONIA YORÙBÁ E SEUS PROTAGONISTAS;

- SÍMBOLO: REPRESENTAÇÃO E PODER;

- OS PRINCÍPIOS BÁSICOS DA FILOSOFIA YORÙBÁ: A ORALIDADE, A TEMPORALIDADE, A ANCESTRALIDADE E A SENIORIDADE;

- OS ELEMENTOS DA NATUREZA E SEUS EFEITOS EXTRA E INTRA HOMEM;

- O DESTINO (ODÙ) E SUAS POSSIBILIDADES SIMBÓLICAS;

- ORIXÁS: ENERGIAS, ELEMENTOS, ATRIBUIÇÕES;

- CANDOMBLÉ: FORMAÇÃO, OBJETOS, SÍMBOLOS E RITOS.

Coordenação


MÁRCIO DE JAGUN

Babalorixá, advogado, conferencista e escritor. Autor do livro ORÍ: A CABEÇA COMO DIVINDADE (Litteris, 2015, RJ).

 

Professor convidado no curso de Pós Graduação em Gestão de Negócios Portuários (COPPE/UFRJ);

 

Professor convidado no curso de Pós Graduação em Engenharia Portuária (UNESA).

 

Foi iniciado no Candomblé há 35 anos pelas mãos do Babalorixá Josemar de Ogun. Após a morte deste, atualmente é filho do Babalorixá PC de Oxumarê, dirigente de uma dos mais tradicionais e antigos Terreiros da Bahia: a Casa de Oxumarê, que conta atualmente 186 anos de existência.

 

É Sacerdote de Candomblé e há 15 anos dirige o Ilê Axé Aiyê Obaluaiyê no Bairro de Pedra de Guaratiba, no Rio de Janeiro.

 

Apresentador do PROGRAMA ORI de 2009 a 2013, na Rádio Metropolitana/Rio 1090 AM e na TVC/Rio (Canal 6 da Net) de 2013 a 2014.

 

Desde o ano de 2000 milita no combate à intolerância religiosa e contra o clientelismo religioso. Foi um dos fundadores da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE MÍDIA AFRO – ANMA, que no ano de 2014 ingressou com uma denúncia contra a veiculação de 16 vídeos no youtube, cujo conteúdo incitava a violência e a intolerância religiosa contra o Candomblé e a Umbanda, gerando polêmica internacional.

 

Desde 2011 preside o INSTITUTO ORI, dedicado à cultura e à tradição religiosa de matriz africana.

 

Membro da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR).

 

Em 2013, foi convidado para as discussões de elaboração do Plano Curricular de Ensino Afro Religioso da Rede Municipal do Rio de Janeiro. É membro efetivo do Fórum Internacional de Direitos Humanos, desde 2014.

 

Convidado para compor o Conselho Municipal/RJ de Enfrentamento à Intolerância e Discriminação Religiosa para a Promoção dos Direitos Humanos (2015-2017).

 

Convidado pelo Ministério da Cultura/IPHAN para compor o Grupo de Trabalho sobre o Ofício das Baianas de Acarajé do RJ (desde out/2015).

 

Consultor para Assuntos Religiosos de Matriz Africana/Kétu, no PROEPER/UERJ (Programa de Estudos e Pesquisasa das Religiões), desde 2015.

Instrutores

----

Criterio de avaliação

Trabalho em grupo e prova final para a avaliação dos alunos.

Local

Centro de Capacitação Jaime Lisandro Pacheco - Auditório - ( Entrada pelo Ginásio de Esportes) - UERJ - Maracanã.

Carga Horária

26h/a

Período de Realização

05/09/2017 a 28/11/2017

Horário

Terças-feiras, das 19h às 21h.

Valores

Valor do curso: R$ 500,00

Matrícula online no valor de R$ 250,00 + 1 parcela no valor de R$ 250,00 com vencimento em 15/10/2017 (o boleto da parcela será entregue no primeiro dia de aula).